quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Flavescência Dourada na vinha


Descarregue documentos de interesse sobre a flavescência dourada da vinha:

- o plano nacional de combate, e
- textos informativos emitidos pela DRA-Norte.


Clique aqui.

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Vendas finais de 2012

Fechamos as vendas de 2012 em volume gerais. Dentro de poucos dias teremos os dados da exportação. Como esperávamos, foi um ano de alguma redução no mercado nacional. O que não contávamos era com o excelente resultado na exportação, que aumenta consistentemente pelo décimo segundo ano consecutivo e nos permite fechar o ano com resultados globais muito bons.

Clique na imagem para aumentar

As existências no fim do ano são o fruto de um ano estável de vendas, a que se adiciona uma produção baixa e a saída de algum vinho para o mercado do vinho de mesa, diria mais tinto do que branco.

A apreciação do preço do vinho de mesa na vindima, que já aqui tínhamos apontado antes, teve um efeito em alguns vinhos, sobretudo tintos, que circularam para fora da região como vinhos de mesa logo na vindima.

Estamos pois em 2013 com um stock suficiente mas curto. Antecipando um ano de alguma recessão em Portugal e de algum crescimento fora, o stock será suficiente SE a próxima vindima for generosa. Não  sendo, claramente teremos de nos confrontar com uma escassez de abastecimento.

Clique na imagem para aumentar

 O fecho do ano, em vendas gerais é, apesar de tudo, bastante confortável. Fomos ouvindo, ao longo do ano, as previsões mais alarmistas que felizmente não se confirmaram. Fechamos o ano com perdas de 2% no volume de negócio do branco, que representa 80% das vendas. O tinto perde cerca de 10% das vendas. Sobre este vinho deixarei aqui um texto nos próximos dias. Definitivamente precisamos de repensar o tinto.

Clique na imagem para aumentar


Com aumentos de 13% e 11% respectivamente, os Rosados e o Loureiro são as estrelas do ano. O Alvarinho mantém vendas. Não esquecer que o Vinho Verde Alvarinho é um produto de maior valor, cujo volume de exortação é diminuto e por isso vulnerável à crise do mercado nacional.

Clique ma imagem para aumentar

A propósito de Alvarinho, elaborei um novo quadro. Todos os dados de Alvarinho que tenho tratado são os relativos ao Vinho Verde Alvarinho. Como sabemos porém, o Vinho Regional Minho Alvarinho está a aumentar, alimentado nomeadamente pelas novas vinhas daquela casta que estão a ser plantadas em vários pontos da região.

O quadro de cima compara pois o comportamento dos dois Alvarinhos, o Verde e o Regional, nos últimos três anos.

De regresso...


Tenho andado em falta, eu sei.
Trabalho... ( e, nos dias que correm, ter trabalho é em si uma boa notícia )